Trabalhar como freelancer parece muito fácil do que realmente pode ser. Quem trabalha por conta própria vai entender do que estou falando. Sua família acha que você é louco e seus amigos têm inveja. Sem chefe, sem escritório, sem horários… Mas nem tudo é tão simples para quem quer se manter independente “freelando”.

Sou publicitário e trabalhei por muitos anos na indústria. Hoje, além do Villa Coworking, gerencio também a minha nova vida de freelancer. E posso dizer que o buraco é bem mais em baixo do que parece. Os mitos são muitos, mas a verdade é uma só. Trabalhar como freelancer é muito bom, mas também não tem almoço grátis!

  1. “Freelancer pode acordar a hora que quiser!”
    Acordar na hora que quiser!

    Mito! Freelancers não batem cartão na firma, mas tem de estar disponíveis para contatos nos mesmo horários que seus clientes. Aliás, a tecnologia hoje ajuda, e existem muitos clientes que esperam que freelancers estejam disponíveis a qualquer momento. Sabe aquele WhatsApp no meio da madrugada perguntando sobre o projeto? Então…
  2. “Sorte sua não ter chefe”
    Que sorte não ter chefe!
    Mais um mito! O chefe está para o empregado como o cliente está para o freelancer. O lado bom é que se for um cliente muito chato, você pode não querer mais trabalhar para ele. Chefes de verdade se preocupam com o desenvolvimento de sua equipe, já cliente só querem um projeto bem executado e entregue no prazo.
  3. “Liberdade de horário pra fazer o que quiser, quando quiser”
    Fazer o que quiser, quando quiser!

    Mito, né? A disciplina é uma grande aliada na produtividade, mesmo para quem trabalha por conta própria. Aliás, muito mais para quem trabalha sozinho! Se você passar a tarde assistindo sua séria preferida na Netflix, terá que trabalhar a noite para entregar o projeto no prazo. Simples assim. Isso sem falar que geralmente clientes trabalham em horários tradicionais e não vão responder e-mails e telefonemas durante a madrugada.
  4. “Ah, mas você pode trabalhar de pijama!”
    Trabalhar de pijama!
    Este é outro mito famoso sobre a vide de freelancer! Não dá pra aparecer na vídeo conferência com seu cliente vestindo aquela camiseta velha que você usa pra dormir, né? Outro ponto importante é que acordar e seguir um ritual para iniciar o trabalho pode ajudar muita a manter a disciplina e a produtividade.
  5. “Ganhe dinheiro trabalhando em casa”
    Nadar no dinheiro!

    Um mito que parece até anúncio de esquema de pirâmide! Freelancers recebem por projeto, e aí a conta é bem simples. Quanto mais se trabalha, mas dinheiro ganha! Dá sim para ganhar melhor como autônomo do que como funcionário de carteira assinada, mas se você parar ninguém vai poder fazer seu trabalho por você. Também é importante para todo freelancer saber calcular direitinho o valor de seu trabalho, mesmo assim é fácil cair em armadilhas de clientes que atrasam pagamentos ou que simplesmente não querem pagar o que vale o seu talento.

 

Trabalhar por conta própria tem seus benefícios e desafios, como qualquer outro trabalho. É bom para uns, mas pode não ser indicado para outros. Você trabalha como freelancer? Conhece algum outro mito sobre esse estilo de vida? Deixe seus comentários!

Camilo Batiston Prado

Texto de Camilo Batiston Prado

Camilo é publicitário e desde 2010 se dedica à comunicação na web. Depois de 8 anos trabalhando na indústria fundou com outros sócios o Villa Coworking. Hoje, além da Villa, trabalha em projetos de comunicação para empreendedores e pequenas empresas.